Guia de compras

  • Compartilhe
  • E-mail
  • Imprimir página

MAIS DESTAQUES

 

Quando comprar pneus novos

Saiba qual é o momento certo para trocar os pneus do carro

Mesmo os pneus com ótima durabilidade e tecnologia de ponta precisam ser substituídos em algum momento – seja devido a danos, gasto ou envelhecimento.

Confira a seguir 5 situações limite dos pneus e garanta sua segurança no trânsito.

1. Danos
Os pneus podem ficar gravemente danificados quando se chocam com um buraco ou objeto pontiagudo, por exemplo. Caso perceba qualquer perfuração, corte ou deformação, leve o pneu a um especialista. Ele dirá se o dano pode ser reparado ou não.

Conheça alguns tipos de danos que não podem ser reparados:

  • Furos na lateral. Aro visível ou deformado;
  • Borrachas ou lonas descoladas ou com dobras;
  • Deteriorações provocadas por produtos corrosivos.

2. Furos
Por mais resistentes que sejam os pneus modernos, os furos costumam ser inevitáveis. Se notar uma perfuração em algum dos seus pneus, peça a um especialista para analisar se este furo provocou outros danos ocultos que inviabilizam o reparo do pneu.

Saiba como agir se o pneu furar:

  • Para garantir a segurança de todos, saia da via e pare em local seguro;
  • Desligue o motor e acenda o pisca-alerta;
  • Coloque o triângulo de sinalização na lateral da pista, a 100 m do veículo.

3. Envelhecimento
Diversas situações diárias afetam a durabilidade dos pneus: temperatura, manutenção, condições de armazenamento, velocidade do veículo, pressão e até a maneira de dirigir.

Como os pneus não possuem um tempo de vida previsível, é importante estar sempre atento aos sinais de envelhecimento. Após cinco anos ou mais em uso, os pneus devem ser inspecionados no mínimo uma vez ao ano.

4. Desgaste


Saiba identificar se os pneus estão gastos:

  • Procure pelo boneco Michelin, localizado na lateral do pneu. Ao identificá-lo você localizará também o indicador de desgaste;
  • Quando a altura da borracha do pneu alcança o nível do indicador, este é um sinal de que você deverá substituí-lo por um pneu novo.


5. Desgaste anormal
Neste caso, o desgaste ocorre em regiões isoladas do pneu – normalmente no centro ou nas laterais – e indicam problemas no alinhamento, balanceamento, suspensão ou na pressão interna dos pneus. Conheça os significados de três casos de desgaste anormal:

  • Desgaste em uma das regiões laterais: roda desbalanceada ou mal alinhada;
  • Desgaste nas duas laterais: pneus com pouco ar;
  • Desgaste ao longo da superfície central: pneus inflados demais.

Para evitar o desgaste irregular, procure manter em dia o estado dos amortecedores e dos freios, e faça o rodízio de pneus.


CARROS
Escolha seu pneu
Encontre uma revenda
Tudo sobre Carros
Aprenda e Compartilhe
Manual do Proprietário
MOTOCICLETAS
Escolha seu pneu
Encontre uma revenda
Tudo sobre Motocicletas
Mais informações